tendências e-commerce 2018

Tendências Para o E-commerce em 2018

Tendências Para o E-commerce em 2018

2018 está aí e é hora de por os novos planos em ação...  e sabemos que o mercado eletrônico está crescendo a todo vapor no Brasil. Segundo o relatório anual SpendingPulse da MasterCard, o comércio eletrônico cresceu 28,3% ecoando os índices positivos que vem sendo apresentados ao longo do ano. Os setores de móveis e vestuários tiveram desempenho superior à média do canal de distribuição, enquanto os setores de hobby & livraria, eletrônicos e artigos farmacêuticos permaneceram abaixo do crescimento do canal. - Ecommerce News

Uma coisa é certa: o mercado eletrônico está te chamando para brincar! Nunca vivemos em uma época com tantas possibilidades para quem quer apostar em um negócio online.

“No atual cenário econômico brasileiro observamos uma ligeira queda no desemprego, apesar de ainda estar em um patamar elevado, o consumidor está mais otimista e confiante com o mercado, refletindo uma perspectiva positiva para o varejista, principalmente no comércio eletrônico. O crescimento expressivo do e-commerce em 2017 tem mostrado este bom momento para o canal.”, avalia César Fukushima, Economista-Chefe da Mastercard Advisors no Brasil.

 

Então vamos a algumas dicas para arrebentar com as vendas em 2018.

1 - O comércio por e-mail tornará-se vital para as marcas

O email já gera mais receita do que todas as redes sociais combinadas e tem sido incrivelmente eficiente em dirigir os visitantes para um site. Mas ao permitir que os clientes façam compras seguras diretamente em suas caixas de entrada, empresas como a Gorbel estão preparadas para tornar o e-mail um canal ainda mais poderoso.

E isso se dá por vários fatores. Hoje, sabemos que para se utilizar a internet é quase obrigatório ter um e-mail, então as pessoas estão mais conectadas as suas caixas de entrada, principalmente por conta dos smartphones.

2 - O conteúdo ainda é rei

2018 definitivamente será um ano em que as marcas ficam mais inteligentes sobre a mensuração do ROI, mas esperam ver uma maior alocação de conteúdo, especialmente o vídeo.

"Minha maior previsão para o e-commerce em 2018 é que mais marcas usarão conteúdo para se diferenciar. Uma grande parte desse conteúdo será vídeos. "- Bill Widmer - Consultor de Marketing

Os clientes querem ver movimentação nas lojas virtual e isso não significa excesso, mas sim presença. Lojas com aspecto "abandonado", com redes sociais fantasmas, tendem a cair no conceito do cliente. Então tenha uma planejamento para cada rede social e para sua loja.

3 - Chatbot

O chatbot já é visto por aí e se trata de um robô inteligente que conversa com seus clientes (por um chat dentro do site) de forma automática. Sabe quando ligamos para uma empresa e tem aquela atendente eletrônica que nos guia até o departamento que procuramos? É bem isso que o chatbot faz. É como se fosse um vendedor na sua loja 24h atendendo por você através de um chat.

Alguns chatbots contam com o machine learning que é o aprendizado da máquina. Ou seja, quanto mais ele "conversa" com as pessoas, mais ele aprende a atender. É algo muito interessante para se começar a usar.

Isso ainda é pouco

Além das três dicas a cima, é muito importante facilitar o acesso do usuário que irá comprar através de diferentes dispositivos, como tablets, notebook, smartphones, etc. Então um site responsivo é vital. Assim, vemos como o e-commerce está cada vez mais robusto em questão de qualidade. Mas ainda existem outras maneiras de faturar online em 2018.

O Blog Quero Dicas De reuniu 7 negócios para ganhar dinheiro na internet em 2018 e vale muito apena conferir outras formas de ingressar no mercado digital.

tendências e-commerce 2018

Novos negócios surgindo

Novos modelos de negócio virtual estão surgindo, o que é caso da loja Calcinhas Para Revender que conforme o próprio nome sugere, é uma loja de compra de roupas íntimas para quem quer revender com tudo no atacado. Funciona de maneira muito inteligente e simplista: a pessoa monta seu Kit de calcinhas e lingerie, customiza as cores e os tamanhos, recebe em casa e começa a revender. A loja conta com coleções novas a cada estação e preços ótimos para quem busca uma lucratividade em 2018. Aprenda como revender calcinhas nesta página explicativa.

Como vemos, são muitas ideias e modelos de negócio junto de implementações interessantes para este novo ano.

E você já decidiu como vai investir? 


6 Tendências de Web Design para 2018

Introdução

As tendências para web sempre estão mudando, por mais sutis que sejam, geralmente mudam de acordo com as exigências do usuários e dos dispositivos.
Vamos listar algumas tendências para o design de sites para 2018, quem sabe você não se inspire?

 

1 - Grades assimétricas

A era da simetria perfeita acabou. Embora os projetos de tela dividida fossem uma grande tendência em 2017, esse padrão visual meio e meio perfeito está evoluindo.

Os designers estão dividindo os elementos visuais na tela com um padrão de grade mais assimétrico.

Para que este conceito funcione, é necessário que haja um equilíbrio distinto de elementos para que um lado do projeto não seja abrupto. Elementos de espaço e texto geralmente equilibram imagens para ajudar a desenhar o olho em todo o projeto.

E tudo se junta porque os projetos ainda vivem em uma grade, o que ajuda a manter tudo organizado. (Os elementos no design do Club of Waves, acima, estão organizados de tal forma que é por isso que o design assimétrico parece tão equilibrado).

2 - Cores mais vivas

A cor brilhante parece ser a tendência de design que quer ficar por aí.

Mesmo sem características de Flat Desing ou Material Design, a cor ousada é atraente e pode ajudar a desenhar um usuário em um design. Escolhas de cores brilhantes e negativas têm uma sensação fresca e atraem os usuários mais jovens.

Essas escolhas de cores também podem criar uma estética inesperada e criar uma vibração mais divertida para sites e empresas que talvez não sejam conhecidas por esse tom.

3 - Elementos fixos inferiores

Todos esses pequenos anúncios na parte inferior de aplicativos e sites móveis estão abrindo caminho para projetos de desktop e tablet. E não são apenas anúncios nesta localização da tela inicial, caixas de bate-papo, pop-ups, notificações e até elementos de navegação estão aderindo à parte inferior da tela.

Esta localização menos intrusiva é uma área de visualização privilegiada e o uso de dispositivos móveis tem usuários treinados que esses tipos de canais são aceitáveis.

Um anúncio na parte inferior da tela, como o do blog Burlap and Blue acima, parece muito menos no caminho (e menos no seu rosto) do que um banner de placa de identificação. O usuário ainda vê isso, mas não obscurece o conteúdo.

4 - Voz e pesquisa de linguagem natural

O futuro do web design não é 100% visual. Parte disso será audível.

Desde a concepção de interfaces que podem "ouvir" e entender comandos de voz para incorporar termos de pesquisa que imitam a linguagem natural, a integração de um mundo de voz e linguagem será imperativa para projetos de design de sites.

E, embora algumas dessas outras tendências não sejam ainda mais populares no final de 2018, a busca por voz e linguagem natural só crescerá em uso e popularidade. Você deve começar a planejar isso agora para que você possa incorporá-lo em projetos futuros com facilidade.

5. Formas fluidas

Embora as formas e a geometria mais nítidas fossem grandes em 2017, formas mais suaves com um aspecto mais fluido e até animações estão ganhando popularidade.

A mesma característica tem para formas mais fluidas; a diferença fundamental é que, em vez de linhas cortantes, cada forma é feita de curvas suaves que fluem ao longo do projeto.

6. Tela dividida

Os padrões de design de tela dividida só estão crescendo em popularidade. Mesmo os estilos mais perfeitamente divididos.

Esses projetos estão tão populares porque oferecem ótimas experiências em telas de desktop e dispositivos móveis porque o conteúdo dividido é exibido lado a lado e empilhado igualmente bem. (Dessa forma, há uma experiência consistente, mas específica do dispositivo para usuários.)

Embora muitos projetos anteriores de tela dividida fossem verdadeiramente divididos, muitos designers optam por uma tela dividida, além de uma camada superior adicional com texto ou marca para fornecer um efeito que tenha mais profundidade.


Como excluir Instagram – Passo a Passo (Com Fotos) - Deletar Seu Instagram Definitivamente

Como excluir Instagram
Como excluir Instagram

Introdução

De saco cheio com o Instagram? Veja como excluir permanentemente seu perfil da rede social de compartilhamento de imagem neste artigo. Ah, se você quer fazer a limpa, leia nosso artigo sobre como excluir o seu Facebook também.

O Instagram mudou a maneira como nos mantemos atualizados com amigos, familiares, celebridades e novidades. Mas a pressão constante para revelar coisas íntimas das nossas vidas e seguir o que os outros estão fazendo pode não compensar.

Pesquisas mostram que as pessoas verificam telefones, ao menos, 85 vezes ao dia, em média. Outras pesquisas apontam que este número chega a 200 vezes por dia e passam mais tempo online do que estão dormindo. Além disso, a pesquisa mostra que podemos nos tornar facilmente adictos às mídias sociais, levando a sentimentos de isolamento no mundo real.

Se cada olhadela no celular representar 30 segundos, são quase duas horas por dia só verificando o telefone.

Se o Instagram suga o tempo do seu dia ou lhe dá sentimentos negativos, pode ser hora de excluir o aplicativo e sua conta.

Existem duas maneiras de se remover do Instagram. O primeiro é desativar temporariamente sua conta, o que significa que você pode retornar ao aplicativo se você mudar de ideia no futuro. O segundo é excluir permanentemente sua conta, o que significa que seu arquivo inteiro será apagado completamente. Você também pode fazer backup das suas fotos. Vamos explicar em detalhes cada parte.

Motivos para sair do Instagram

1. Faz o tempo passar (muito rapidamente)

Quando você é um Instagrammer, o tempo desliza rapidamente. É fácil ser sugado nos perfis de outras pessoas (e receber muita informação sobre suas vidas - sejamos reais). Um perfil leva a outro ... e outro ... e cinco mais logo depois. Quanto mais você verificar seu perfil, mais provável é que você se perca neste mundo fotográfico.

"Camila comeu uma salada low-carb no almoço!" ou "O filho de Pedro está brincando com um bicho de pelúcia - devo postar meu filho brincando com um panda fofinho também?" são postagens que muitas vezes te deixa para baixo, para baixo, abaixo do buraco de coelho. Para completar, quem é que usa a primeira foto tirada (ninguém)? E quem não edita essa foto antes (com filtro, efeitos ... vamos lá)? Uma foto pode levar 15 minutos! Não vale a pena!

2. Você Experimenta Vida ... Atrás de uma Tela

...família na mesa
Os pores do sol são bonitos, os primeiros passos são triunfantes e os casamentos são emocionais. Não é a mesma experiência quando você vê-los a partir do seu iPhone e não é a coisa como ela é. Ok, você conseguiu uma foto perfeita, mas você realmente prestou atenção a essa memória que você pode adicionar aos seus arquivos mentais favoritos? Ou foi apenas para uma boa foto?

E a pessoa ao seu lado? Você está realmente curtindo o tempo com eles quando todos vocês estão colados em sua telas? "Lembre-se daquela hora em que visitamos aquela praia maravilhosa?" "Sim, tirei várias fotos incríveis!". Não seja essa pessoa.

Vício em Instagram
Vício em Instagram

3. A privacidade não existe

Como uma placa Ouija, o Instagram abre um portal para sua casa, e só ao dizer "adeus" pode-se fechar essa porta invisível. A diferença é que você não está deixando uma entidade em sua casa; Você está convidando milhões para assistir todos os seus movimentos.

Você também sente a necessidade de manter essas entidades alimentadas fornecendo-lhes mais informações, mais fotos e mais histories (AHHHHHH!). Nunca é suficiente, e seu apego por likes nunca permite que você vá embora.

4. Uma vida em torno da aprovação dos outros

Você precisa ser um mestre nos mais novos filtros, e você tem que ser o filho popular. Quanto mais likes e seguidores você tem, mais provável é que você se sente na mesa da criança legal.

Você gasta sua vida constantemente buscando validação deles porque isso faz com que você se sinta mais confiante e amado. Mas é aceitação real - você conhece essas pessoas na vida real? Ok, Britney Spears publicou uma foto, mas você não está no círculo BFF (melhores amigos) dela. Há muito menos pressão (e mais sobre o que falar) nas mesas dos artistas e das crianças intelectuais.

5. Dados indo embora rapidamente

Todos sabemos que nenhum Wi-Fi é igual a sinais de dólares. Quando você está postando e editando fotos, isso suga seus dados mais poderosamente do que uma aspiradora Dyson. No meio do mês, você está lidando com R$ 30,00 adicionais por GB (!), Dependendo da sua operadora.

Em toda a realidade, pelo menos 75% das suas fotos são tiradas em uma zona sem Wi-Fi e você está editando esses bebês quando você os leva. Isso é tanto dado desperdiçado...! A menos que você tenha um plano de dados ilimitado, isso está cavando seu dinheiro suado caso você examine sua reserva de dados.

 

Como fazer backup da sua conta

1 - Abra seu navegador da Web. Pode ser um navegador, como Safari, Google Chrome ou Mozilla Firefox.
2 - Acesse o Instagram e faça o login na sua conta. Mantenha-o aberto.
3 - Abra www.instaport.me em uma nova guia. Isso o redirecionará para www.vibbi.com e o portal de login para o Instaport.

 

4 - Digite seu nome de usuário ou URL do Instagram. Digite seu nome de usuário Instagram na janela que aparece no meio da página sob a legenda "Continue".
5 - Clique em "Continue". Isso o levará à sua página inicial do Instaport.
6 - Clique em "Download All Posts". Este é um botão preto que aparece no lado direito da página.
Não é possível selecionar uma seção de fotos ao mesmo tempo.
Fazer o download de todas as postagens não duplicará fotos ou vídeos previamente carregados ou salvos no Instaport.
7 - Aguarde alguns momentos para suas fotos e vídeos ficarem disponíveis para download. A tela irá mostrar "Finished" quando suas fotos tiverem sido baixadas.
8 - Suas fotos ou vídeos serão salvos como arquivos mp4 ou jpg nas pastas Instaport localizadas na seção Downloads do seu computador.
Você pode mover e salvar conteúdo no seu computador clicando na pasta Instaport ou em arquivos individuais e arrastando para o local apropriado.

Como desativar sua conta do Instagram temporariamente

 

1 - Abra o seu Instagram por um navegador, pode ser pelo celular ou acessando o este link.
2 - Clique em Editar Perfil:

3 - Na página que abrir, role para o final da página e clique em Desativar minha conta temporariamente;
4 -
Na próxima página, o Instagram te perguntará o motivo de querer desativar sua conta, pedirá para inserir sua senha e pronto.

Sua conta será desativada e ninguém lhe encontrará ou verá mais suas postagens na rede. Para reativar, é só logar novamente no site com seu usuário e senha.

Como excluir Instagram definitivamente

Vamos para a parte mais importante: como excluir o Instagram. O que é diferente do desativamento. Uma vez que sua conta é excluída, você não conseguirá recuperá-la novamente.

Excluir Instagram pelo celular

Atualmente, para você conseguir excluir o seu Instagram, você precisa abrir o link www.instagram.com em qualquer navegador do seu celular. Pelo aplicativo, está temporariamente inválida a opção de desativação ou exclusão.

Excluir Instagram pelo navegador

Para excluir sua conta permanentemente é bem simples:

  1. Vá para a página Excluir sua conta. Se você não entrou no Instagram, será solicitado a fazer login primeiro. Não é possível excluir a sua conta a partir do aplicativo do Instagram.
  2. Selecione uma opção do menu suspenso ao lado de Por que você está excluindo a sua conta? e digite novamente a sua senha. A opção de excluir permanentemente a sua conta aparecerá somente após a escolha de uma razão no menu.
  3. Clique ou toque em Excluir minha conta permanentemente.

Se você deseja excluir uma outra conta, clique no nome de usuário no canto superior direito da página Excluir sua conta, toque/clique em  ao lado do nome de usuário e selecione Sair. Faça login com a conta que deseja excluir e siga as instruções acima.

 

Instagram é seguro para crianças? Devo deixar meu filho ter Instagram?

O Instagram tornou-se "a plataforma de mídia social mais popular entre pré-adolescentes (de 8 a 12 anos) e adolescentes (13 a 18 anos), sem sinais de desaceleração".

Atualmente, o Instagram possui 700 milhões de usuários mensais e 300 milhões de usuários semanais. (Apenas para alguma perspectiva, toda a população dos Estados Unidos é de 322 milhões!) E está crescendo rapidamente!

De acordo com este gráfico no Motley Fool, é o número 7 de 10 das maiores redes sociais do mundo.

As maiores redes sociais do mundo

Facebook (1,9 bilhões de usuários)
WhatsApp (1,2 bilhão de usuários em fevereiro de 2017)
Messenger (1,2 bilhões de usuários em abril de 2017)
YouTube (1 bilhão de usuários)
WeChat / Weixin (889 milhões de usuários)
QQ (869 milhões de usuários)
Instagram (700 milhões de usuários)
Qzone (638 milhões de usuários)
Twitter (328 milhões de usuários)
Weibo (313 milhões de usuários)

As crianças adoram, assim como fazem os adultos. E o Facebook adora o Insta também porque "é dono" do Instagram e ganham muito dinheiro com a venda de anúncios.

Mas Instagram é seguro para crianças?

Vamos utilizar uma situação hipotética de uma mãe chamada Catherine:

Como usar o Instagram sem ter todos os vídeos/imagens ruins? ... Minha linda filha de 12 anos ama Instagram, assim como seus amigos. Ela simplesmente não toca nos vídeos. Mas algum dia ela poderia. Como evitar isso ???

E aqui está a nossa resposta:

Neste ponto, não há  bloqueio de pornografia no Instagram. O melhor que podemos esperar é um filtro melhor que reconheça imagens pornográficas e as bloqueie. Covenant Eyes está trabalhando nesse recurso (ouça o presidente Ron DeHaas descrevê-lo aqui), mas ainda não está disponível.

 

Quando descrevo o Instagram para as pessoas agora, eu lhes digo que imaginem uma revista impressa de 3 páginas.

Na página 1 são imagens de crianças da sua escola. Estes são amigos que você vê quase diariamente e diria que "você sabe".
Na página 2 há imagens de estranhos que enviaram fotos de sua vida para serem compartilhadas na revista. Essas imagens seriam de qualquer momento de sua vida - eles apenas decidiram compartilhá-lo.
Na página 3 é a pornografia. Imagens de sexo ou simulação. Embora o Instagram tenha regras contra pornografia, é difícil controlar:

Nudez, mamilos e porn revenge

A regra antiga proibia qualquer tipo de nudez, inclusive artística, sob alegação de que a rede social tem membros a partir dos 13 anos. Após bastante controvérsia, as exceções foram detalhadas. Mamilos femininos continuam proibidos. Fotos de cicatrizes de mastectomia e amamentação são permitidas.

Nudez em imagens de pinturas e esculturas também será permitida. Porém fotos, vídeos e conteúdos criados digitalmente que mostrem relações sexuais, genitais e close-ups de nádegas totalmente expostas permanecem censurados. Vídeos e fotos de crianças total ou parcialmente nuas, ainda que postados pelos pais, também podem ser excluídos pelo Instagram. Proibições como essas, embora discutíveis, são apontadas como fatores que podem ajudar a reduzir a "pornografia de vingança".

Agora, pergunte a si mesmo, esta é uma revista que você entregaria ao seu filho? Este é o Instagram. E, não há nada que possa ser feito para impedir as crianças de ver as páginas 2 e 3 como eu descrevi acima.

 

É possível recuperar minha conta depois que excluí?

Uma vez que sua conta é excluída, você não conseguirá mais recuperá-la. Aconselhamos, que faça o back-up ou apenas desative-a, como ensinamos anteriormente.

Conclusão

Sair das redes sociais não é muito complicado, a não ser que exista um vínculo emocional.
Tome cuidado ao utilizar as redes, prevenção nunca é demais. E nos conte, porque você está querendo excluir seu Instagram?


Como utilizar Google Trends

Introdução

De encontrar novos produtos para vender no seu site de comércio eletrônico a busca de ideias de conteúdo, a lista de usos potenciais para o Google Trends é infinita. Aqui está um guia rápido para usar o Google Trends para beneficiar sua empresa.

 

O que é o Google Trends?

Se você nunca ouviu falar, ou usou o Google Trends antes, então você está perdendo uma grande oportunidade. O Google Trends é uma ferramenta que permite comparar a popularidade dos termos e tendências da pesquisas do Google. Com uma série de características diferentes, permite que você obtenha uma compreensão das tendências de busca mais populares do momento junto com aqueles que se desenvolvem em popularidade ao longo do tempo.

Como usar o Google Trends?

Bem, a boa notícia é que o Google Trends é grátis! Está aberto para qualquer pessoa usar, sempre que quiser. Basta navegar para o Google Trends e você verá o painel. A partir disso, você pode navegar pelo histórico de tendências ou inserir tópicos na caixa de pesquisa:

Como usar o Google Trends
Como usar o Google Trends

 

Para o quê posso utilizar o Google Trends?

A lista de potenciais usos para o Google Trends é infinita, mas aqui está um rápido guia passo a passo para usar o Google Trends para beneficiar sua empresa.

 

Compreendendo o seu público

Como o motor de busca mais popular, o Google, tornou-se mais uma instituição do que um mecanismo de pesquisa, isso permite que seus dados de pesquisa sejam incrivelmente indicativos da opinião pública e dos interesses. Você pode usar isso em sua vantagem através da compreensão da opinião pública relacionada ao seu setor.

Se eu estivesse usando o Google Trends para a Copa do Mundo, eu poderia saber quando as pessoas de fato, começam a pesquisar sobre os jogos e quando as pesquisas caem.

Então vamos ao Google Trends e vamos começar com o básico. Gostaria de digitar algumas palavras-chave na caixa de pesquisa acima que eu acho que seria indicativo de uma diferença de opinião e compreensão de nossa indústria esportiva conforme a captura de tela abaixo:

Agora você será saudado com um gráfico que mostrará as tendências de busca ao longo do tempo para essas frases comparadas entre si. Estes irão automaticamente para o Brasil, mas se você estiver segmentando um país ou área específica, você pode selecionar também:

Na nossa pesquisa, vimos que o interesse ao longo do tempo para diferentes esportes, obteve uma grande marca para o futebol. Isso é referente ao Brasil que é o país do futebol, e se fosse aos Estados Unidos?

 

Vemos então que o resultado muda um pouco. O resultado varia entre football e basketball, que são esportes populares nos Estados Unidos.

A partir deste gráfico, posso ver como as tendências mudaram maciçamente ao longo do tempo e você pode ver o ponto em que o basquete (em amarelo) superou Futebol em vermelho em março de 2016. Ele mostra que, em geral, nos Estados Unidos, o football e o basketball podem ser mais populares do que o vôlei.

 

Use o Google Trends para encontrar produtos para o seu e-commerce

Você pode usar o Google Trends para ajudá-lo a encontrar idéias para produtos para vender na sua loja online, ou talvez até para ajudá-lo a criar uma nova ideia de negócio de varejo.

Digamos que eu quero criar um site que venda roupas íntimas no Brasil. Eu entraria algumas variações de termos de produto nas tendências do Google e selecionei a opção para mostrar dados para o Brasil nos últimos cinco anos. Aqui procurei por "Lingerie, cueca e calcinha".

Como você pode ver, o volume de pesquisa foi contínua, sem muitas quedas bruscas ou altos picos em todos os termos, mas a tendência ascendente de calcinhas me faz ver claramente que para 2018 ainda será um termo procurado. Portanto, eu consideraria esses produtos como um bom investimento para o meu negócio.

Logo, é só você começar a fazer suas pesquisas em todo deste resultado. Eu encontrei por exemplo, dados interessantes: Calcinhas Para Revender: De acordo com o IEMI – Inteligência de Mercado, o segmento de lingerie brasileiro, poderá neste ano de 2017 apresentar crescimento de 3,5% em peças (cerca de 818 milhões de peças) e quanto ao valor da produção, estima uma alta de 8,9% (cerca de 7,521 bilhões).

Outra informação interessante encontrada no site Moda da Mulher - Calças Legging para revenda, diz que:

Em Vargem Grande, distrito de São João do Manteninha, no Vale do Rio Doce mineiro, uma das 38 confecções do lugarejo vem se destacando na fabricação de peças íntimas. A Love Life Confecções, que começou produzindo 500 calcinhas por dia nos fundos de uma casa, hoje com fábrica própria e coleções mensais, chega a produzir 12 mil peças de lingerie diariamente. O bom desempenho da empresa é resultado do Sebraetec, programa que incentiva pequenos negócios a investirem em inovação e tornarem-se mais competitivos.

Também encontramos muitas procuras para revenda de calça leggins.

Você também pode usar o Google Trends para ajudá-lo a identificar os picos sazonais em sua indústria. Diga, por exemplo, que você quer trabalhar com algum produto para a Copa do Mundo:

Este gráfico de tendência mostra o que você tem grandes picos de interesse a cada quatro anos, ou seja, durante os jogos da Copa do Mundo. Neste gráfico, vemos altos picos em 2006, 2010, 2014 e assim por diante.

 

Usando o Google Trends para entender seus concorrentes

Você também pode usar o Google Trends para monitorar seus concorrentes, bem como sua própria popularidade. O recurso "Pesquisa na Web" do Google Trends permite que você monitore a popularidade em conjunto com as notícias:

Se você procurou por um concorrente e seu gráfico parecia um pouco como este, então você pode estar intrigado sobre como eles conseguiram pico em popularidade.

É claro, que usamos aqui exemplos políticos, que dificilmente serão seus concorrentes. Mas você pode ver concorrentes indiretos para seu negócio, como por exemplo, marcas de roupa. Se você tem uma loja que venda camisas do Brasil, você pode ver quem é mais popular no setor, Nike, Adidas, Puma, etc. Assim, poderá investigar mais afundo cada empresa que é um concorrente indireto.

Ideias de Conteúdo do Google Trends

Todos sabemos agora que o conteúdo excelente, relevante e popular é fundamental para uma estratégia digital e sucesso de SEO. A chave para o conteúdo popular é a relevância e o tempo. Procurar em torno do Google Trends é uma ótima maneira de entender o que as pessoas estão falando, o que eles estão interessados e, mais importante, que tipo de conteúdo eles vão gostar e quando eles vão gostar mais.

O conteúdo de seus concorrentes que se tornou viral ou correlacionado com um aumento de popularidade pode ser vinculado ou mencionado na seção de destaque da ferramenta - então fique atento a isso!

Conclusão

Por último, você pode usar o Google Trends com um pouco de diversão ou apenas para confirmar algumas de suas suspeitas sobre as tendências em sua indústria. Claro, o Google Trends tem muito a oferecer - muito mais do que pode ser resumido em uma postagem no blog!

Existe alguma coisa sobre a qual você usa o Google Trends, ou qualquer coisa que você gostaria de saber sobre isso? Basta deixar um comentário e nós retornaremos o mais rápido possível.

 


SEO - Como fazer seu site aparecer no Google?

https://www.youtube.com/watch?v=RrwKUY--r-s

A internet é um mercado virtual, tanto de venda de produtos quanto de serviços e agora cada site ocupa uma posição. Então, quanto melhor for o posicionamento do seu site nas buscas, melhor será para o seu negócio, pois conseguirá mais clientes. Porém, é preciso um trabalho de SEO – Search Engine Optmization. O que é um trabalho de aperfeiçoamento de termos e palavras-chave para que o Google posicione o seu site nas primeiras páginas.

Vamos supor que você vende flores em Petrópolis. Com uma pesquisa básica, você identificará que as pessoas pesquisam por termos como: floricultura em Petrópolis, flores para casamento, arranjo de flores para eventos, flores para eventos empresarias, flores para cerimônias, entre outros.

Cada palavra-chave receberá uma quantidade de pesquisas mensais, quanto maior a abrangência, como: floricultura em Petrópolis, maior será a concorrência. Então cabe o profissional de SEO decidir como fazer a divisão destas palavras-chave.

Só que não é tão simples assim, há muito mais que só adicionar as palavras-chave no seu site.

O mapa do seu site deve ser enviado para o WebMasters para indexação no Google. Depois vem as melhorias que podem ser feitas no site como:

Velocidade

O Google valoriza sites que são rápidos, então faça o teste de velocidade da sua página para passar nesta condição.

Informações de qualidade

Os robôs do Google sabem quando você está tentado burlar o sistema adicionando várias palavras-chave apenas para melhorar seu posicionamento e também identificam quando seu conteúdo é pobre de informações ou novidades.

Responsividade

Em 2014, houve um aumento de 200% no número de pessoas que usam o celular e tablets para acessar a internet. Cerca de 30% de todos os usuários navegam pelo celular hoje. O Google agora dá preferência a sites responsivos.
É imprescindível que você tenha um site 100% funcional em várias resoluções de telas.

Link Building

Link Building é a construção de links, ou seja, em quais e quantos sites o link da sua página está? Se vários sites de qualidade apontam para o seu site o Google vê isso como uma boa referência, o que ajuda o seu site a subir nas pesquisas.

Essas são apenas algumas técnicas interessantes para melhorar o posicionamento do seu site nas pesquisas orgânicas do Google e encaminhar seu site para as primeiras páginas de pesquisa.


Woocommerce ou Shopify - Qual plataforma escolher para seu e-commerce?

1 - Introdução

Desde que o Google Trends rastreia dados quantitativos de buscas, o WooCommerce e o Shopify aumentaram quase que respectivamente a quantidade de usuários. O Shopify está ganhando uma pequena vantagem neste ano, mas qual é melhor solução para o seu negócio?

Comparativo MUNDIAL entre as duas ferramentas


Enquanto o Shopify afirma que mais de 325.000 lojas virtuais usa sua plataforma, aproximadamente 27% de TODOS OS sites em todo o mundo e 65% de todos os sites que usam um sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS) na Internet hoje usam o WordPress, que é uma plataforma básica para o WooCommerce. Não se deixe enganar, embora o Shopify mundialmente está mais popular que o Woocommerce, no Brasil, o Woocommerce ainda é mais popular.

Não há uma resposta clara ou fácil a uma pergunta sobre qual plataforma é melhor, mas a explicação mais fácil é que estamos falando de uma combinação simples ou complexa. É uma combinação de duas plataformas, com muito para oferecer, mas apenas uma delas tem seus limites.

Não importa se você está trabalhando com um e-commerce existente ou tentando iniciar um novo, você provavelmente já ouviu falar de ambas as soluções. Tanto o Shopify como o WooCommerce são serviços/soluções completas que oferecem vários designs e recursos para o seu comércio eletrônico. Você não vai errar escolhendo um ou outro, mas vamos dar uma olhada em algumas diferenças principais entre dois mais afundo.

Woocommerce vs Shopify
Woocommerce vs Shopify


2 - Apresentando Shopify

 

O Shopify foi criado em 2006 no Canadá, com o objetivo de criar uma solução realmente simples para vender produtos online facilmente. Desde então, mais de 325 mil lojas utilizam seus serviços e, de acordo com o Shopify, suas soluções ajudaram a vender mais de 24 bilhões de dólares em produtos. Obviamente, não é uma startup, é na verdade um parceiro muito confiável para o seu negócio. O Shopify não fornece apenas um serviço, mas também funciona como uma plataforma, o que facilita a sua utilização. Por outro lado, eles não oferecem (muitas) soluções gratuitas.

3 - Apresentando o WooCommerce do WordPress

Ao contrário de Shopify, o WooCommerce é uma plataforma de código aberto e parcialmente gratuita (para ser justo, você precisará gastar um pouco de dinheiro, mas chegamos a isso). Se você já está usando o WordPress, o WooCommerce fica bem mais tranquilo de mexer, pois é apenas outro plug-in para adicionar ao seu site. Uma vez que é uma solução de código aberto, você está garantido a ter opções quase ilimitadas de complementos e projetos provenientes de uma comunidade de usuários imensa, mas você abre mão de um suporte direto ao cliente, confiando mais em uma comunidade de usuários. Se você levar em consideração que de acordo com as estatísticas de 2014, 76,5 milhões de blogs estavam usando o WordPress, não é um pequeno grupo de usuários confiando um no outro com suporte, não é mesmo?

4 - Facilidade de instalação

Shopify

Como você pôde suspeitar até agora, o Shopify é um serviço mais fácil para começar seu negócio. Todos os recursos estão disponíveis em poucos cliques e realmente depende apenas de quanto você está disposto a pagar por todos os recursos extras. Você tem mais de 180 templates de loja online para escolher sem necessidade de habilidades de codificação. Todos os pacotes vêm com subdomínio personalizado gratuito. Por exemplo, minhaloja.shopify.com.

Woocommerce

Se você deseja iniciar seu negócio online com o WooCommerce, você definitivamente precisará da sua própria hospedagem e domínio. Mas já aviso que você não vai chegar muito longe sem pelo menos ter algumas habilidades de construção de sites e dependo de personalização, você pode precisar de algumas habilidades de codificação e design também. Você pode encontrar provedores de hospedagem como o Bluehost ou Hostgator que oferece uma instalação de 1 clique que instala automaticamente o WordPress e o WooCommerce para você. Embora não seja realmente uma solução de um clique (ou grátis), você se configurará muito rapidamente.

5 - Opções de pagamento e segurança

A maneira como você será pago deve ser um dos fatores mais decisivos a considerar para sua loja. Assim que você configurar sua loja Shopify, você aceita PayPal Express Checkout como sua opção de pagamento. O Shopify faz integração com diversos métodos de pagamento, como 2Checkout, BitPay, Coinbase, CyberSource, GoCoin, Mercado Pago PagSeguro, PayPal, PayU Latam.... O que significa que, se sua empresa estiver localizada em outro lugar, você terá que confiar no que eles chamam de "gateway de pagamento" ou de um serviço de terceiros. Com esses serviços de terceiros vêm taxas adicionais, então você precisará fazer sua lição de casa sobre qual escolher.

Com o Woocommerce você não vai se esforçar para encontrar a variedade de complementos seguros de pagamento, mas também opções gratuitas, como, por exemplo, Stripe, que aceita cartões Visa, MasterCard, American Express, Discover, JBC e Diners Club. Também os mais populares no Brasil, como o PagSeguro da UOL, PayPal e MercadoPago. Com isso em mente, tenho certeza que encontrará uma solução perfeita para você. Afinal, você não é o único, que quer ganhar dinheiro com os clientes sem pagar fortuna em taxas extras.

6 - Alcance global

Nem todo mundo no mundo fala português, ou qualquer idioma único. É por isso que é importante que o comércio eletrônico esteja disponível em diferentes idiomas dependendo do seu negócio. Isso facilita as compras de pessoas em todo o mundo e leva seus lucros a custos mínimos. O Shopify tem lidado com esse problema por algum tempo até o aplicativo Langify ter chegado. Esta solução irá retornar US $ 17,50 / mês. Langify é um plugin do Shopify que traduz o site para outros idiomas.

Se você espera que o WooCommerce ofereça uma solução multilíngue de graça, ficará um pouco desapontado. Embora exista um plugin chamado WPML confiável e bem estabelecido. Permite uma solução multilíngue completa e custa US $ 79 no primeiro ano, e US $ 39 depois disso. Não é um problema ruim, quando você considera que gastaria mais de 3,5 vezes mais (pouco acima dos dois primeiros anos) para um mesmo serviço no Shopify. Pode ser que você encontre outros plugins similares gratuitamente para WordPress.

Suporte em português

Sabemos que ambas ferramentas não são nacionais, e aí podemos encontrar um obstáculo.

Shopify

O Shopify é dividido em português e em inglês, ao verificar, notamos que o suporte é feito em inglês. Seus guias de utilização mais didáticos são todos na língua inglesa, o que pode dificultar para quem não domina a língua. Eles contam com empresas brasileiras terceirizadas para dar suporte ao seu projeto, porém é um serviço pago.

Woocommerce

A mesma coisa se repete com o Woocommerce, a ferramenta conta com um suporte totalmente em inglês.

Conclusão

A vantagem do Woocommerce são os vários tutoriais em português que pode-se encontrar no Google, assim como vídeos no Youtube. Já o Shopify é menos popular no Brasil do que o Woocommerce, bem menos na verdade. Isso faz com que você encontre poucas dicas de customização em português.

Falando em vídeos, confira este ótimo vídeo sobre as diferenças entre as plataformas de e-commerce do Allan Peron:

 

7 - Preços - quanto custa?

Shopify

Já foi mencionado antes que a principal diferença entre os dois é quanto custará. O WooCommerce é gratuito, mas isso não significa que isso não lhe custará nada. Você tem custos óbvios como hospedagem e domínio para começar. Mas, a menos que você queira que seu e-commerce seja executado no subdomínio Shopify, você também terá que cobrir esses custos.

O Shopify oferece pacotes a partir de U$ 29/mês - básico (aproximadamente R$ 92,00). De US $79/mês (aproximadamente R$ 240,00) e o mais caro que custa  US $299/mês (aproximadamente R$ 945,00) para a maioria das soluções completas e todos eles vêm com subdomínio gratuito. Isso é claro, sem solução multilíngue, mencionado anteriormente. Você também pode tentar a plataforma de maneira gratuita por 14 dias e decidir o que fazer a seguir.

Confira abaixo cada pacote detalhadamente:

Recursos do plano

Basic Shopify

Venda na a sua própria loja virtual

Shopify

Leve a sua empresa para o próximo patamar

Advanced Shopify

Experimente o que a Shopify tem de melhor

Mensalidade$ 29,$ 79,$ 299,
RECURSOS
Contas da sua equipe2515
Número de produtosilimitadoilimitadoilimitado
Armazenamento de arquivosilimitadoilimitadoilimitado
Pacote de Varejo+ $ 49+ $ 49+ $ 49
Suporte 24/7simsimsim
Taxas de transação2,0%1,0%0,5%
Análise de fraudenãosimsim
Criação de pedido manualsimsimsim
Códigos de descontosimsimsim
Site e blogsimsimsim
Certificado SSL
simsimsim
Cartões Presente
nãosimsim
Relatórios profissionaisnãosimsim
Recuperação de carrinho de compras abandonado
nãosimsim
Criador de relatórios avançadosnãonãosim
Cálculo de taxas de frete de terceiros
nãonãosim

 

Woocommerce

A grande vantagem do Woocommerce, principalmente para nós brasileiros é que sai bem mais em conta. É claro, vamos supor que você faça tudo sozinho. Você vai gastar em média R$ 40,00/ano de domínio, R$ 250,00/ano de hospedagem além de uns R$ 100,00/ano de encriptação SSL, somatizando R$ 390,00/ano ou R$ 32,00/mês. O que sai muito mais em conta, é claro que, funcionalidades complementares, e existem muitas para Woocommerce, será preciso comprar separadamente em dólares.

Por isso é fundamental que você planeje seu e-commerce e veja todas as funcionalidades que precisará previamente, para ter um custo mais preciso. Tenha em mente que os valores por serem em dólares, exceto pela hospedagem e domínio, fazem uma grande diferença. Muitas funções dos pacotes mais caros do Shopify podem ser configuradas gratuitamente com plugins do Woocommerce. Ou até mesmo plugins pagos que não cobram mensalidade, paga-se somente uma vez.

Conclusão

O WooCommerce tem uma grande vantagem e você deve usá-la principalmente se você já estiver usando o WordPress ou se você estiver procurando por mais do que apenas uma loja online. Se esse for o seu caso, você provavelmente está familiarizado com o seu ambiente e adicionar WooCommerce será fácil e suave. Você desfrutará de opções quase ilimitadas de templates e plugins de uma grande comunidade de todo o mundo. O Woocommerce requer noções pelo menos básicas de inglês, programação e design. Tentar utilizar esta plataforma sem conhecê-la, é muito arriscado, pois é um plugin dentro de outra plataforma. Para quem conhece, pode ser fantástico, pois terá automação de todo o site sem problemas de customização.

Por outro lado, se você estiver iniciando seu negócio on-line, Shopify é uma maneira fácil e rápida de começar. Você irá montar a sua loja bem mais rápido e se preocupará menos com toda a parte de back-end. Também será facilitada a parte de segurança e configuração.

Então, recomendamos Woocommerce para aqueles que já são familiarizados com o WordPress e tem noções de hospedagem, domínio, plugins, design, etc. Já o Shopify para quem está começando e não pode se dar o luxo de perder tempo aprendendo essas coisas.

Lembrando que ambas plataformas funcionam bem em questão de SEO, ou seja, desempenho no Google. Muitas lojas desenvolvidas no Shopify já venderam milhões. Então não há regra e sim um planejamento prévio.

Falando em SEO, confira nosso guia completo do que é SEO e aprenda a ter seu site bem posicionado no Google.


A Importância De Fazer Backup Do Seu Site

backup site
backup site

 

A importância de fazer backup do seu site

Os sites não são apenas uma página de serviços para uma empresa, eles são uma ferramenta de negócios importante. No entanto, em pesquisas, descobriu-se que mais de 40% das empresas não garantem que seu site seja protegido com segurança apenas no caso de o inimaginável acontecer como quebrando ou pior sendo excluído da web inteiramente.

Esta semana, a 123-reg (empresa de hospedagem) anunciou que, durante a manutenção de rotina do servidor, ela havia excluído acidentalmente alguns de seus sites de clientes. Para piorar a situação, porque alguns desses sites estavam em seus servidores VPS sem alterações, ela não tinha backups de alguns dos sites afetados. Por causa desta notícia, decidimos escrever um artigo sobre algumas das razões pelas quais você deve garantir que seu site esteja protegido.

Por que o backup é importante?

Muitas empresas de hospedagem na web não oferecerão backups como parte de seus pacotes de hospedagem padrão e muitas vezes exigem que você pague extra por esse suporte. Como tal, se você não receber esse suporte da sua empresa de hospedagem e não fazer o backup do site sozinho, pode ser que algo aconteça ao seu site e seu provedor pode não ser capaz de ajudá-lo a restaurar os arquivos mais tarde.

Se você não tem certeza se sua hospedagem vem com backups de sites, entre em contato com seu provedor de hospedagem para verificar os termos do seu contrato com eles.

Falha no servidor

No final do dia, um servidor é apenas um computador e, como todos os computadores, existe a chance de pegar um vírus ou ter uma falha no disco rígido, o que faz com que ele perca dados.

Proteção contra hackers

Embora o objetivo de alguns hackers seja roubar informações pessoais, como detalhes do cartão de crédito, outros simplesmente o façam para provar que eles podem causar inconvenientes para a pessoa que foi pirateada. Garantir que você tenha um backup do seu site significa que, se isso acontecer, você poderá restaurá-lo rapidamente e obter seu site de volta e funcionando.

Falha na atualização

Se você tiver um site gerenciado por conteúdo, você pode ter notado quando você é solicitado a executar uma atualização de segurança que lhe diz para criar um backup antes de executar a atualização. Isso ocorre porque os sites têm vários arquivos e componentes que o fazem funcionar e armazenam dados, se qualquer coisa der errado com apenas um destes durante uma atualização, então todo o seu site poderia ser desconectado.
Os arquivos de desenvolvimento originais podem ficar desatualizados.

Paz de espírito

Embora haja muitas razões técnicas por trás do backup de um site, isso também o deixará seguro, sabendo que, não importa o que aconteça ao seu site, você é capaz de reagir rapidamente a qualquer problema e recuperá-lo.

Soluções de backup

Em backups do servidor

Fazer backup de seu site em seu servidor é a solução mais rápida e fácil para criar backups automáticos regulares do seu site. Há, no entanto, uma "porém" bem grande para fazer isso, os backups são armazenados no mesmo lugar do seu site. Então, enquanto eles podem ser um bom método para restaurar seu site se ele for pirateado ou uma atualização falhar, caso o servidor falhe de qualquer maneira, você perderá seu site e os backups dele.

Backups manuais

Fazer uma cópia de segurança do seu site manualmente é o método mais seguro de tecnologia para fazer backup de seu site, embora você possa usá-lo em combinação com backups do servidor para garantir que você tenha uma versão fora do servidor do seu site, caso você precise de um. O maior problema deste método é que não é automatizado, então você precisa se lembrar de fazer o backup, além de se o seu site for grande e você tem um uso de de banda limitado, pode levar algum tempo para baixar o site e gastará muita banda.

Backups de nuvem

Usar uma solução baseada em nuvem, como Amazon S3 ou Dropbox, é nossa escolha quando se trata de fazer backup de sites. Esse método de backup de arquivos é automatizado e é armazenado em um local separado do servidor web. Além disso, como o tamanho do armazenamento é flexível, ele pode ser aumentado à medida que seu site cresce, o que significa que você só paga pelo espaço que você precisa para o seu backup.

Pergunte ao seu Provedor de Hospedagem

Embora as empresas de hospedagem não façam isso como uma prática padrão, muitos oferecerão esse serviço por um custo adicional, esse pode ser o método ideal para aqueles que não desejam fazê-lo. Embora isso signifique que você está confiando em uma empresa para hospedar e fazer backup de seu site, os backups serão armazenados em um local separado para o seu site real, o que significa que se o site falhar você ainda terá um backup de seu site.


O que é um site responsivo?

Quase todos os novos clientes atualmente querem uma versão móvel de seu site. É praticamente essencial, afinal: um design para o BlackBerry, outro para o iPhone, iPad, netbook, Kindle e todas as resoluções de tela também devem ser compatíveis. Nos próximos cinco anos, provavelmente precisaremos projetar para uma série de invenções adicionais. Quando a loucura irá parar?

O que é um site responsivo?

O design Web responsivo é a abordagem que sugere que o design e o desenvolvimento devem responder ao comportamento e ao ambiente do usuário com base no tamanho da tela, na plataforma e na orientação.

A prática consiste em uma mistura de grades flexíveis e layouts, imagens e um uso inteligente das consultas de mídia CSS. À medida que o usuário muda de seu laptop para iPad, o site deve alternar automaticamente para acomodar a resolução, o tamanho da imagem e as habilidades de script. Em outras palavras, o site deve ter a tecnologia para responder automaticamente às preferências do usuário. Isso eliminaria a necessidade de uma fase de desenvolvimento e design diferente para cada novo dispositivo no mercado.


Excluir Facebook

Como Excluir Facebook: Encerrar sua conta ou recuperar sua conta

Excluir Facebook
Excluir Facebook

Introdução:

Neste artigo você vai aprender como cancelar sua conta no Facebook: desativá-la ou excluí-la definitivamente. Também falaremos sobre a segurança e o vício na rede social mais popular do mundo! Existem muitas razões pelas quais você deseja excluir a sua rede social. Talvez você esteja preocupado com a privacidade, talvez você queira se rebelar contra paradigmas sociais modernos, ou talvez você esteja apenas cansado de memes infinitos de gatinhos. Seja qual for o motivo, não é muito difícil se livrar de tudo isso. Acompanhe passo a passo neste guia!

Leia também: O Facebook mapeia populações em 23 países para expandir a internet

Quer fazer uma limpa? Aprenda como excluir seu Instagram aqui.

1. O Facebook é seguro?

segurança facebook
segurança facebook

Se você é um usuário do Facebook ou está considerando usar a ferramenta no futuro, a segurança da conta pode ser um questionamento frequente seu. Com todos os relatórios de empresas serem pirateadas, informações roubadas, bem como toda a questão do roubo de identidade pessoal, você pode ficar se perguntando se ele é seguro de usar.

No geral, o Facebook como um site. é um lugar bastante seguro. Existe uma segurança integrada que ajuda a proteger você e suas informações. Um nível primário de segurança que a plataforma usa é chamado de Secure Socket Layer (SSL). Em poucas palavras, esse tipo de segurança criptografa (protege) qualquer dado transmitido ao usar o Facebook, desde credenciais de login até conversas de bate-papo. É o mesmo sistema utilizado por bancos online.

1.1 Como funciona a segurança do Facebook

Segurança no Facebook

 

Os servidores do Facebook, onde seus dados são armazenados e protegidos, também têm sua própria segurança incorporada. Existem sistemas anti-intrusão no local, para ajudar a impedir que os hackers entrem, ou intrudem, e roubem seus dados. Eles também empregam programas anti-vírus e anti-spyware para manter seus sistemas limpos e livres de ameaças de segurança que podem surgir de infecções por vírus. Basicamente, o Facebook trabalha duro para manter seus dados trancados e seguros de outros que possam tentar usar sua informação de maneira ameaçadora ou ilegal.

Há também maneiras de ajudar a proteger você mesmo e seus dados no rede social, além do que o Face já faz para protegê-lo.

1.2 Dicas de segurança no Facebook

Quando você efetua login no Face, você fornece uma senha. Esta senha é algo que você tem controle total e pode dificultar a obtenção de acesso a sua conta por outros. Ao usar combinações de letras maiúsculas, letras minúsculas e números, você pode criar uma senha que seria difícil de descobrir. Seu objetivo é fazer sua senha algo que só você poderia descobrir.

Você também nunca deve dar sua senha a ninguém, nem mesmo a alguém que você conhece. Essa senha é para você e você apenas. Mantenha-o próximo e ajude a manter sua conta segura.

O site Gazeta do Povo deu 14 dicas para deixar o seu Facebook mais seguro. E uma bem interessante é a de escolha quem pode ver a sua lista de amigos:

O Facebook permite o sigilo até mesmo da sua lista de amigos. Por meio da guia “Amigo”, em “Editar privacidade”, pode-se escolher entre os vários escopos de acesso – incluindo a opção “Somente eu”.

Esta informação é tão simples, mas faz toda a diferença n hora de manter sua privacidade na rede. Mantendo sua conta segura, não há necessidade de excluí-la!

2. Vício em Facebook?

vicio em facebook
vicio em facebook

O Facebook pode ser uma ótima ferramenta para manter contato com amigos e familiares, mas para algumas pessoas, o constante bombardeamento de atualizações, mensagens, cutucadas e propagandas podem tornar-se irresistíveis, para não mencionar altamente viciante.

Em um estudo de pesquisadores da Universidade de Winchester, dez "viciados" auto-confessados ​​no Facebook foram convidados a deixar de usar suas contas por quatro semanas. Muito rapidamente se isolaram de amigos e familiares e relataram sentimento de "fora do mundo" e desolamento. Outra pesquisa mostra também que as mulheres são mais viciadas no Facebook que os homens:

2.1 As mulheres são mais viciadas em Facebook

As mulheres são mais viciadas em Facebook
As mulheres são mais viciadas em Facebook

A dependência do Facebook é mais comum entre os mais jovens. Também descobrimos que as pessoas ansiosas e socialmente inseguras usam a rede social mais do que aquelas com essas características menos acentuadas, provavelmente porque as pessoas ansiosas consideram mais fácil se comunicar pela internet - diz Cecilie (psicóloga).

- "Nossa pesquisa também indica que as mulheres correm maior risco de desenvolver o vício no site, provavelmente devido à natureza social do Facebook" - conta a pesquisadora.

Fonte: O Globo

2.2 Devo sair do Facebook?

Se você está ciente e quer se livrar de sua conta, você tem duas opções: você pode desativar sua conta, o que significa que seu perfil desaparece da rede social, mas todas as informações da sua conta são salvas nos servidores da plataforma, caso você decida voltar, ou você pode excluir sua conta permanentemente, o que significa que todos os seus dados são removido e você não poderá recuperar o acesso.

Se o seu caso é um vício incontrolado na rede, a recomendação é que se afaste por um tempo. Pode ser muito perigoso manter o perigo tão perto.

Entenda mais sobre o vício em redes sociais nesse da CT Viva sobre a dependência de internet:

https://www.youtube.com/watch?v=Oqo-T23o1U4

3. Como baixar uma cópia com suas informações

Se você está pensando em fechar sua conta de fato do Facebook e deixar o serviço, você pode armazenar em seu computador cópias das fotos, vídeos, atualizações de status, mensagens do mural e outros conteúdos que você publicou no rede até agora. Felizmente, isso pode ser feito facilmente ao fazer o download de todos os seus dados do Facebook como um arquivo ZIP.

Isso lhe dá uma cópia permanente de muitas das mesmas informações disponíveis em sua conta.

Isso inclui coisas como suas informações da Linha do tempo, postagens que compartilhou, mensagens, fotos e muito mais, bem como dados que você não criou, como os anúncios em que você clicou, os endereços IP registrados e muito mais. Tudinho!

Este tutorial baixo passo a passo irá guiá-lo através do processo de download de um arquivo de suas informações do Facebook para um computador e guardar todo conteúdo.

Não há como selecionar individualmente quais dados você deseja baixar como parte do seu arquivo, então você terá que baixar o arquivo ZIP na íntegra e explorar seu conteúdo mais tarde.

3.1 Baixando os seus arquivos do Facebook

Passo 1: Faça login no Facebook no seu computador e acesse as Configurações da conta: clique na parte superior direita de qualquer página do Face e selecione Configurações.

Etapa 2: clique em Geral na coluna da esquerda.

Passo 3: clique em "Baixe uma cópia dos seus dados do Facebook" na parte inferior da página Configurações da conta geral.

Download de cópia dos seus dados do Facebook.
Download de cópia dos seus dados do Facebook.

 

Passo 4: Você será levado para uma nova página da web para confirmar que você realmente deseja baixar suas informações do Face.

 

Passo 5: agora você deve verificar sua identidade (senha) digitando sua senha do Face para ajudar a proteger a segurança de sua conta.

Passo 7: aparecerá uma mensagem de confirmação, dizendo que o sistema está reunindo suas informações e gravará uma mensagem para o endereço de e-mail no arquivo, assim que seu arquivo estiver pronto para download.

Clique em OK para descartar a mensagem.

Etapa 8: Verifique agora sua caixa de entrada para uma mensagem do Face confirmando que você solicitou uma cópia dos dados da sua conta. Em breve, você receberá outra mensagem contendo um link de download uma vez que estiver pronto, o que pode demorar até várias horas.

Dica: se o link redirecionar para a página Configurações da conta do Face, clique "Baixar uma cópia dos dados do seu Facebook" novamente para ir diretamente ao arquivo.

 

Como o arquivo contém informações privadas, você deve mantê-lo seguro e tomar precauções ao armazená-lo ou enviá-lo, ou carregá-lo para outro serviço.

4. Excluir ou desativar minha conta do Facebook?

Você pode estar se perguntando a diferença que faz se você exclui seu Facebook ou desativa o Facebook. Se você decide excluir a sua conta ou desativá-la pode fazer uma grande diferença em suas informações pessoais e quanto disso fica armazenado na rede social. Também quanto tempo o seu próprio Facebook permanece ao vivo na Internet.

4.1 Por que excluir ou desativar o Facebook?

Quaisquer que sejam as suas razões para querer excluir ou desativar seu perfil do Facebook, elas são válidas!

Considere, porém, que existem algumas coisas que você pode fazer primeiro antes de tomar a última medida drástica de excluir ou desativar sua conta do Face. Aqui estão algumas razões comuns pelas quais as pessoas excluem ou desativam suas contas:

  • A conta foi pirateada;
  • Atleta do Facebook;
  • Muito drama;
  • Entediado;
  • Privacidade.

4.2 O que considerar antes de excluir ou desativar o Face?

Antes de excluir ou desativar seu perfil do Face, há várias coisas que você pode fazer primeiro em vez de tomar uma medida tão drástica. Aqui estão algumas coisas a considerar:

4.3 Desativando o Facebook: o que acontece e não acontece?

Quando você desativar o sua conta, todas as suas informações desaparecerão imediatamente da rede social. Isso significa que todos os seus "amigos" no Face e todos os outros não poderão mais acessar seu perfil pessoal.

No entanto, todas as suas informações serão salvas.

A rede faz isso como cortesia apenas no caso de você mudar de idéia e decidir voltar mais tarde. Todas as informações do seu perfil, incluindo seus amigos, fotos e tudo mais, serão exatamente como você deixou como foi explicado a cima.

A desativação pode ser feita simplesmente clicando no link "Desativar conta" da sua página "Conta".

4.4  Excluindo o Facebook: o que acontece e não acontece?

Quando você exclui seu Facebook, toda sua informação será completamente usada para o bem. Não há como voltar ou mudar de ideia. Esta não é uma decisão que você deve tomar levemente, então leia as informações acima primeiro.

 

5 Como Excluir Facebook

Chega de enrolação e vamos direto ao que você busca: COMO EXCLUIR O FACEBOOK.
Como foi dito, você pode excluir de vez a sua conta ou apenas desativá-la e voltar depois de algum tempo. Então vamos conhecer as duas formas abaixo:

como excluir facebook
como excluir facebook

 

5.1 Como desativar sua conta

Desativar sua conta temporariamente significa que você tem a opção de retornar ao a rede sempre que desejar.

  • Clique na seta para baixo no canto superior direito de qualquer página do Facebook;
  • Selecione "Configurações";
  • Clique em "Geral" na coluna da esquerda;
  • Em Gerenciar Conta clique em editar;
  • Escolha "Desativar sua conta" e, em seguida, siga as etapas para confirmar.

Se você desativar sua conta, seu perfil não será visível para outras pessoas na rede e as pessoas não poderão pesquisá-lo, mas algumas informações, como as mensagens enviadas para amigos, ainda podem ser visíveis para outras pessoas.

5.2 Como reativar sua conta

Se decidir que gostaria de voltar para o Face, você pode reativar sua conta a qualquer momento APENAS fazendo login novamente com seu e-mail e senha. O seu perfil será restaurado na sua totalidade, mas isso tem um tempo limitado, então não aguarde mais que três meses para logar novamente (90 dias).

5.3 Como excluir sua conta permanentemente

excluir facebook definitivamente
excluir facebook definitivamente

Se você não achar que vai usar sua conta novamente, você pode solicitar que sua conta seja excluída de forma permanente.

Atenção: depois que uma conta foi excluída, não será possível reativar sua conta ou recuperar qualquer coisa que tenha compartilhado em seu perfil.

Antes de fazer isso, você pode querer baixar uma cópia de sua informação no Face como ensinamos acima.

  • Clique na seta para baixo no canto superior direito de qualquer página da rede social;
  • Selecione "Configurações";
  • Clique no link na parte inferior do menu principal que diz "Baixe uma cópia dos dados do seu Facebook" caso queira baixar uma cópia toda a sua conta.

Então você precisa clicar neste link aqui para exclusão do Facebook (https://www.facebook.com/help/delete_account) e em seguida, clicar em "Excluir minha conta" e, em seguida, siga as etapas para confirmar.

Conclusão

Pode levar até 90 dias para que o Face exclua todas as coisas que você publicou, como suas fotos, atualizações de status ou outros dados armazenados em sistemas de backup. Enquanto o Facebook está excluindo essa informação, é inacessível para outras pessoas que usam a rede social.

Algumas das coisas que você faz no Facebook não são armazenadas em sua conta. Por exemplo, um amigo ainda pode ter mensagens de você na sua caixa de entrada. Essa informação permanecerá mesmo depois de excluir sua conta, então você precisará entrar em contato com os destinatários de sua preferência.

 


Tomb Raider: Alicia Vikander e seus novos bíceps estão prontos para a ação

Lara Croft está de volta caracterizada por Alicia Vikander, para sua nova franquia.

A estrela sueca aborda o papel icônico do videogame para a próxima adaptação Tomb Raider, usando seu novo papel/bíceps EM um novo trailer, que Warner Bros lançou na noite de terça-feira.

https://www.youtube.com/watch?v=8ndhidEmUbI

Este Tomb Raider é mais sobre as origens de Lara Croft, explorando como ela se tornou uma arqueóloga incrível. Depois que seu pai (Dominic West) desaparece, ela encontra uma gravação que ele fez onde ele explica que descobriu um túmulo chamado "mãe da morte". Naturalmente, uma organização terrível chamada Trinity está a caminho do túmulo, que colocaria o mundo em grave perigo - a menos que Croft os detenha.

Então, onde é a mãe da morte? No meio de algum lugar chamado "o mar do diabo", seu parceiro Lu (Daniel Wu) resmunga:

"Será uma aventura", Croft diz com um sorriso.

"A morte não é uma aventura", replica Lu.

A iteração de Croft de Vikander é uma versão mais suave e tátil da personagem original de Jolie. Ela favorece um longo e livre rabo de cavalo e um arco e uma flecha nesta nova versão (como faz nos novos jogos), empurrando-a ligeiramente para o território de Katniss Everdeen. Como Jolie e Jennifer Lawrence antes dela, Vikander está seguindo a fórmula de Hollywood, tentada e verdadeira, de acompanhar um papel vencedor do Oscar com um gigante de sucesso. Em 2001, Jolie quase se inscreveu no Tomb Raider depois de ganhar um Oscar para Girl, Interrupted.

Além do trailer, a Warner Bros também compartilhou um clipe de bastidores Tomb Raider, mostrando o quão duro o Vikander trabalhou para alcançar seu corpo recém-musculoso, preparado para Croft.

https://www.youtube.com/watch?v=oWXq7mKcx5s

A sueca é mostrada fazendo o trabalho de dublês sério, pulando pelas florestas e equilibrando os fios. Mas a dificuldade real, diz ela, foi fazer cenas frígidas ao vento e à chuva e sendo esmagada por uma correnteza.

"Nós até tivemos que voltar a rodar algumas coisas porque eu fiquei muito azul" na edição, diz Vikander com bom humor. Você não está entretido?